Andarilhos



Andarilhos, surgem em 1991, em Baião, desenvolvendo um vasto trabalho em torno das tradições musicais portuguesas, com especial destaque para o património musical e etnográfico da região duriense. Hoje, comummente associados à identidade musical do Douro Verde e Douro Vinhateiro, representam também a sua contemporaneidade.

Saber +

Os temas originais criados no seio deste colectivo, e todo o trabalho artístico que daqui sucede, dá continuidade a estilos musicais como a chula ou o vira é à expressão singular do património literário de transmissão oral, desta região. Sendo possível ouvir os timbres dos diferentes instrumentos musicais tradicionais e as técnicas a estes associadas, os ritmos, as melodias e as diferentes particularidades que só podem viver no seio desta cultura, única.

Contando com mais de duas décadas de existência, com um espírito que se pretende sempre renovado, muitas centenas de apresentações ao vivo misturam em palco a tradição e a energia das gentes nortenhas, que tocam e cantam rodopiando.

DCIM100GOPROGOPR3836.



30 Comentários

  1. maria maior carneiro de matos

    Conheci o grupo no facebook, adorei a música. Nasci em Portugal e vivo no Brasil, agora visitando o site de voces vi que o grupo formou-se em Baião, a terra de meu pai, que ainda não visitei. Gostaria de saber mais sobre o grupo e se os CD já estão à venda no Brasil, em São Paulo.

  2. Vasco Monterroso (Andarilhos)

    Olá Maria,

    Obrigado pela sua força, é bom saber que tb somos ouvidos do outro lado do Atlântico. Quanto ao CD, será possível adquiri-lo aqui no site dos Andarilhos, depois do lançamento, na próxima semana! 😉
    Quanto à visita a Baião terá que acontecer, em breve!
    Beijinhos

  3. Pedro

    Conheci o grupo na Barriosa, em oportunidade de vossa actuaçao na festa do ano 2010 e gostei muito das interpretaçoes do folclore portugues, en modo especial gostei da arruada que fizeram. Quando vamos Portugal (vivo na Argentina) e encontramos essas manifestaçoes culturais no nosso pais de origem, alegrase-nos o coraçao. Obrigado por tudo.

  4. Vasco Monterroso (Andarilhos)

    Olá Pedro,

    Barriosa… um dos pontos de passagem deste “Caminho Velho”, uma boa memória dos Andarilhos!
    Obrigado pela força.
    Um abraço Andarilho para a Argentina.

  5. Leonor Sousa Pereira

    Olá “Andarilhos”!

    Estive com vocês nas “II Jornadas Medievais do Douro-Canelas” e adorei.
    Vocês são fantásticos e não há palavras para descrever a felicidade da população de Canelas e de todas as pessoas que participaram; vocês fizeram falta no Domingo (24 de Julho).

    Um grande beijinho para todos,

    Leonor Sousa Pereira.

  6. Tz Santos

    Finalmente consegui ouvir com atenção o vosso recente trabalho. Muito bom, adorei. Sente-se uma harmonia total entre as vozes e os instrumentos, sentes um certo “arrepio” ou te ires identificando a cada momento. É sem duvida um hino à nossa cultura, ás nossas raízes. Parabéns a todos vocês, Parabéns a música Portuguesa.
    Abraço
    tz

Deixe o seu comentário

Tem que estar autenticado para comentar.